Topo 1

Saúde Digital

Local: Centro de Simulação CUF

Dia: 26 de Janeiro de 2024 a 27 de Janeiro de 2024

Organização: Dr. Pedro Flores; Micaela Seemann Monteiro; Filipa Dias Lourenço; Luisa Fraga Fontes

Temática: O objectivo deste curso é fornecer aos médicos participantes conhecimentos e experiência prática sobre novas tecnologias e instrumentos na área da saúde digital. Através de lições expositivas, bancas de demonstração e cenários de simulação, os formandos terão oportunidade de contactar com teleconsulta, dispositivos de tele-observação e tele-monitorização, bem como algoritmos de inteligência artificial, de que são exemplo os avaliadores de sintomas.

Resumo: As tecnologias digitais têm vindo a revolucionar a prestação de cuidados de saúde. Todos os dias são reconhecidas novas oportunidades e vantagens dessas tecnologias, mas também desvantagens e ameaças a elas associadas. Os médicos, por conhecerem bem as necessidades dos seus doentes, têm o privilégio e obrigação de conhecer e liderar todo o processo de transformação digital, tornando-o mais um instrumento para melhorar os cuidados aos seus doentes. Pretende-se que estes instrumentos se incluam na jornada híbrida de cuidados de saúde dos cidadãos. Devem estar harmoniosamente integrados no processo de prevenção, diagnóstico, tratamento, recuperação e seguimento, que constitui uma prática clínica de excelência. Estas tecnologias deverão trazer, assim, benefícios significativos para os doentes, profissionais, organizações, sistemas de saúde e para a sociedade em geral. O conteúdo do curso foi cuidadosamente selecionado, tendo sido convidados prelectores com conhecimentos e experiência na utilização dos recursos digitais na prática clínica. A componente prática, de demonstração e simulação, permitirá um ambiente interactivo entre formadores e formandos, que lhes trará resultados positivos, aplicáveis ao quotidiano profissional. Objectivos de aprendizagem do curso (competências e conhecimentos a desenvolver) No final do curso, espera-se que os formandos Adquiram conhecimentos actualizados acerca dos recursos digitais disponíveis na prática clínica, nomeadamente teleconsulta, teleobservação, telemonitorização, avaliadores de sintomas e outros instrumentos de inteligência artificial Adquiram competências práticas sobre a adequada realização de teleconsultas, com sentido crítico em relação a recursos disponíveis, técnicas de comunicação, aspectos éticos e legais Tenham oportunidade de manusear dispositivos de teleobservação, conhecendo as suas vantagens e limitações Tenham contacto com avaliadores de sintomas, explorando as virtualidades e limites destes instrumentos em constante aperfeiçoamento Adquiram capacidade de perspectivar o futuro das tecnologias digitais em cuidados de saúde, com a noção da importância do médico na liderança e monitorização do processo

Programa (PDF, 475KB)

Comunic. Livres: Sim

Secretariado: centrodesimulacao@cuf.pt

Site de Internet: https://academiacuf.up.events/e/saude-digital

 


D
S
T
Q
Q
S
S
 
 
 
 
1 2 3
4
5
6
7 8 9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28 29
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fevereiro 2024