Script Macromedia Flash
   
Topo 1
 
Recomendações aos Profissionais Pandemia COVID-19
Secção de Pediatria Ambulatória da Sociedade Portuguesa de Pediatria

 

Caros colegas

O Mundo está a enfrentar a maior pandemia do último século!

O paradigma da prática diária da medicina mudou a muitos níveis, mas principalmente no ambulatório da Pediatria Geral. Nos últimos meses reduzimos o número de consultas presenciais de crianças e de adolescentes. A pandemia gerou novos desafios e incertezas e houve necessidade de adaptação à nova realidade. Os pediatras adaptaram a sua prática para uma nova forma de fazer medicina, procurando a proximidade assistencial com a triagem telefónica, a teleconsulta e a melhor gestão de risco clínico. Infelizmente, foi necessário reduzir algumas das atividades preventivas e de promoção de saúde.

Terminado o período de confinamento e no regresso à atividade assistencial a SPA deixa algumas recomendações:

  1. Fique seguro! A segurança dos profissionais de saúde é de extrema importância, tal como a dos doentes.
  2. Utilize sempre equipamento de proteção individual adequado, protegendo-se a si e à sua equipa. Lembre-se que os doentes não irão beneficiar se o médico adoecer.
  3. O pediatra tem um papel fulcral na educação. Ensine aos seus doentes e aos pais/cuidadores a cumprir as normas de distanciamento social, higiene respiratória, lavagem das mãos, e uso correcto de máscaras.
  4. O pediatra deve, não só, partilhar conhecimentos tecnico-científicos de modo a evitar a doença e promover a saúde, mas também ser empático e solidário com as crianças e suas famílias em cada encontro.
  5. Aconselhe pais e cuidadores a levar a criança a clínicas ou serviços hospitalares pediátricos em caso de sintomas ou doenças graves.
  6. Reforce a importância de manter o cumprimento do calendário vacinal.
  7. Dê preferência à triagem telefónica e à teleconsulta em caso de doença ligeira, evitando assim colocar esses pacientes em risco de serem infectados com COVID-19.
  8. Esteja atento ao risco de aumento da violência doméstica e dos maus-tratos e abuso infantil em circunstâncias presentes de quarentena/isolamento social.
  9. Evite consultas sem agendamento.
  10. Em caso de suspeita de um caso não grave de COVID-19, oriente o doente para realizar o teste de laboratório COVID-19 num centro de testes próximo adequado e de acordo com as orientações atualizadas da Direção Geral de Saúde.
  11. Em caso de suspeita de COVID-19 com quadro clínico grave, nomeadamente sinais de dificuldade respiratória referencie urgentemente para o serviço hospitalar pediátrico mais próximo.
  12. Incentive as mães com infecção por COVID-19 a iniciar e continuar a amamentação tomando medidas de higiene respiratória, uso de máscara, lavagem das mãos, limpeza e desinfecção de superfícies).
  13. Se receber doentes com suspeita de infecção com COVID-19 deve certificar-se que dispõe de equipamento de proteção individual completo, recursos de espaço e tempo, uma sala separada e pessoal com treino nesta área. Toda a equipa deve receber formação sobre como lidar com um doente com suspeita de infecção.
  14. Evite o uso de nebulizadores quando houver suspeita de infecção COVID 19.
  15. Mantenha-se informado através de fontes profissionais fiáveis. Evite informações de recursos duvidosos, como as redes sociais. Recorra a sites profissionais e de autoridades de saúde (por exemplo OMS, CDC, ECDC, DGS, SPP, ECPCP).
  16. Comunique através de telefones e redes sociais, para dar e receber apoio. Fique atento a colegas que podem estar em risco de isolamento profissional ou burnout, como resultado do stress intensivo no trabalho.
  17. Quando for possível aproveite a vida em casa ou num ambiente calmo, sem aglomerados de pessoas e compartilhe experiências positivas e felizes. Mantenha o sentido de humor, faça exercício físico, oiça música, utilize a arte e a literatura para manter o seu equilíbrio e bem- estar físico e mental.
  18. Incentive e participe no intercâmbio de conhecimentos e recursos com colegas.
  19. Apoie a solidariedade entre os países com o intercâmbio de profissionais de saúde e materiais de protecção.
  20. Mantenha-se optimista!

Tradução livre e baseado em : ECPCP Message for Primary Care Paediatricians regarding the COVID-19 Pandemic

Informação útil em:

 

A Direção SPA-SPP em 12/06/2020