Script Macromedia Flash
   
Topo 1
Topo 2

PROMOÇÃO DA LITERACIA PRECOCE

Ler um livro... a partir dos seis meses de idade. Sabemos hoje que o desenvolvimento das potencialidades de uma criança que a vão tornar mais capaz em termos de linguagem, de leitura e de escrita, se processa desde o primeiro ano de vida.

Por isso, todas as oportunidades de cantar, contar histórias, fazer puzzles, garatujar, pintar, ou ler livros, são decisivas para o seu futuro.

Na verdade, a partir dos seis meses de idade as crianças começam a interessar-se por figuras e imagens e a associá-las a sons. É por isso que a partir desta idade se devem introduzir os primeiros livros (feitos de materiais seguros, como cartão grosso, esponja, pano ou de plástico), que devem conter figuras simples, coloridas e facilmente identificáveis. O adulto deve introduzir o jogo de apontar e nomear a figura, associando uma imagem e um som.

A introdução precoce dos livros infantis e adequando sucessivamente a técnica de leitura e o tipo de livros às diversas idades fomenta a familiaridade com o objecto livro e do seu manejo tornando-o numa referência quotidiana.

No que se refere ao conteúdo, diversifica e amplia a linguagem utilizada com a criança, amplia a realidade, estimula a imaginação, a associação de ideias, a capacidade de concentração, ajuda a lidar com emoções e medos, transmite regras e sistemas de valores.

O livro é também uma ponte emocional entre as crianças e os adultos, ajudando-os a interagir e a estar juntos, ajuda a criar um ambiente de segurança; contribuindo para a vivência do livro como algo emocionalmente compensador e pode pertencer ao ritual de transição na hora de dormir.

A idade com que se inicia a leitura de livros às crianças é um factor que decididamente favorece o desenvolvimento da linguagem e do interesse e prazer que aquelas terão nessa actividade no futuro.

A estimulação precoce com livros e a interacção com os adultos no ambiente familiar está associada a um maior desenvolvimento da linguagem, a um maior interesse precoce por livros e a um desenvolvimento de aptidões essenciais para o futuro da criança.

Por isso a leitura de livros em voz alta às crianças (e a partir dos seis meses de idade), é a tarefa individual com mais impacto na capacidade de leitura e de adaptação escolar.

O grau de literacia relaciona-se directamente com os anos de sobrevivência, com a capacidade de entender mensagens na área da saúde, com a auto-estima, com a capacidade de melhorar os estilos de vida, de auto-manejo nas doenças crónicas, etc

Por estas razões, não se esqueça de ler uma história ao seu filho(a) todos os dias. Poucos gestos tão simples têm tão grande repercussão. Por isso ler às crianças é uma recomendação do seu médico. Porque a educação faz bem à saúde.

Os médicos que trabalham com crianças(Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral, Sociedade Portuguesa de Pediatria), em parceria com o Plano Nacional de Leitura e em articulação com a DGS e o Alto Comissariado para a Saúde, estão a elaborar um projecto de promoção da literacia precoce.

Projecto "Ler + dá Saúde"


 

03-03-08:
Workshop com a Professora Doutora Perri Klass
A Professora Perri Klass veio a Portugal apresentar o projecto Reach Out and Read, com o objectivo de sensibilizar os profissionais de saúde, sobretudo, médicos de medicina familar, Pediatras e enfermeiros, que trabalham com crianças nos centros de saúde e nos hospitais, para a importância da promoção da leitura em família desde os primeiros meses. Esta promoção deve ser um acto de rotina nas consultas de saúde infantil, onde devem ser mostrados aos pais exemplos de livros adequados a cada faixa etária e como devem ser utilizados.
A Professora Perri Klass, participou no dia 3 de Março num Workshpop, na fundação Luso-Americana,em  Lisboa, com pediatras, médicos de medicina familiar, professores, educadores e animadores culturais, previamente convidados e que serão os pioneiros, nos seus locais de trabalho, do projecto Ler + dá sáude. A Professora Perri Klass apresentou o projecto americano e os resultados, que são muito positivos. Revelou-se uma excelente comunicadora e conquistou a audiência. Após a palestra, discutiram-se alguns aspectos práticos sobre o projecto português. O entusiasmo foi geral.
No dia 5 de Março, a Professora Perri Klass, vai dar uma conferência intitulada: A importância da literacia infantil no desenvolvimento da criança e o papel da Medicina Geral e Familiar , integrada no 25º Encontro Nacional de Clínica Geral, em Vila Moura, onde se espera a participação de cerca de 2000 médicos de medicina geral e familiar.
 

ler mais



04-03-08:
Médicos "receitam"  livros a partir dos seis meses de idade
Notícia publicada no Jornal da Madeira


05-03-08:
Projecto Ler+ Dá Saúde
Dia da apresentação oficial do Projecto Ler+ dá saúde, no 25º Encontro Nacional de Clínica Geral, em Vila Moura, no Algarve.
O objectivo é sensibilizar e envolver médicos e outros profissionais de saúde na promoção da leitura em família, a partir dos seis meses de idade.
O projecto resulta de uma parceria entre a Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral (APMCG), a Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), o Plano Nacional de Leitura (PNL) e a Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas(DGLB) e conta com o apoio do Alto Comissariado da Saúde e da Direcção Geral de Saúde(DGS).

Há uma  relação positiva entre os níveis de literacia dos cidadãos e o nível de saúde das populações, nomeadamente na escolha de estilos de vida saudáveis, na compreenção da doença e adesão à terapêutica e na utilização adequada dos serviços de saúde.
Vários estudos realizados em países como os Estados Unidos da América, Canadá, reino Unido, Itália entre outros, demonstram efeitos francamente positivos no desenvolvimento da literacia e na aquisição de hábitos de leitura, quando os profissionais de saúde se envolvem no aconselhamento da leitura em familia, desde os primeiros meses de vida dos bebés.

Ler mais:

Literacy and Health Outcomes (840Kb)
RTI International–University of North Carolina Evidence-Based Practice Center
Research Triangle Park, NC

Read, speak, sing: Promoting literacy in the physician's office
Psychosocial Paediatrics Committee, Canadian Paediatric Society (CPS)

Reach Out and Read - Research summary 
 

(notícia baseada no folheto de divulgação do projecto Ler+ dá saúde)

 

11-04-08:

Estão abertas as inscrições para os Centros de Saúde e para os Hospitais interessados em dinamizar o projecto Ler+ dá saúde.
O Plano Nacional de Leitura disponibiliza, no seu site, material de apoio e de divulgação.

O papel da família na formação de crianças leitoras
Ângela Balça, Centro de Investigação em Educação e Psicologia
CIEP – Universidade de Évora; Abril 2008, Portal da Criança

14-06-08:

Leitura em consultórios médicos
Sara Oliveira, Junho 2008, www.educare.pt

30-11-08:

Encontra-se disponível no site do Plano Nacional de Leitura, o formulário para pedido de material no âmbito do projecto "Ler + dá Saúde" para o ano de 2009.