Script Macromedia Flash
   
Topo 1
Topo 2

Documento de Consenso de Sociedades Científicas sobre la “Vacunación de niños en situaciones especiales”

Infecciologia Pediátrica

Elaborado pela Asociación Española de Pediatría (AEP), Sociedad Española de Infectología Pediátrica (SEIP), Sociedade de Infecciología Pediátrica (SIP), Sociedad Latinoamericana de Infectología Pediátrica (SLIPE), Asociación Latinoamericana de Pediatría (ALAPE), sob coordenação da AEP e com o objetivo de atualizar e, tanto quanto possível, uniformizar as recomendações de vacinação de crianças em circunstâncias especiais no espaço ibero-americano.

O documento “Vacunación de niños en situaciones especiales” foi elaborado pela Asociación Española de Pediatría (AEP), Sociedad Española de Infectología Pediátrica (SEIP), Sociedade de Infecciología Pediátrica (SIP), Sociedad Latinoamericana de Infectología Pediátrica (SLIPE), Asociación Latinoamericana de Pediatría (ALAPE), sob coordenação da AEP e com o objetivo de atualizar e, tanto quanto possível, uniformizar as recomendações de vacinação de crianças em circunstâncias especiais no espaço ibero-americano.

Trata-se de um documento extenso, muito completo e abrangente, que inclui, entre outras, crianças com imunodeficiência e os seus conviventes, doença crónica, neoplasia, transplantados, prematuros ou em situações de catástrofe natural.

Numa época em que as viagens e os fluxos migratórios nos países que constituem o “espaço ibero-americano” se intensificam, estas recomendações poderão contribuir para a uniformização e continuidade de cuidados à criança neste espaço. No entanto, a leitura deste documento deve ter em consideração que as situações epidemiológicas e sociais são muito diversas pelo que as recomendações nele contidas devem sempre ser entendidas e adaptadas às características de cada país e de cada caso. Por outro lado, estas orientações não se sobrepõem às recomendações oficiais dos vários países, nomeadamente, aquelas emanadas no âmbito dos diferentes Programas Nacionais de Vacinação.

Pensamos que este documento, produto da colaboração de peritos oriundos de vários países e em representação de sociedades científicas de prestígio, terá muito interesse para a comunidade pediátrica ibero-americana. 

 

“Vacunación de niños en situaciones especiales” (867KB)

 

Prof. Luís Varandas
Presidente da Sociedade de Infeciologia Pediátrica da SPP

15/02/2016