Script Macromedia Flash
   
Topo 1
Topo 2

Para além da febre e cefaleia...

Adolescente de 12 anos, sexo masculino. Antecedente pessoal de Anemia de Células Falciformes. Natural de Angola, a residir em Portugal há 3 meses. Observado no Serviço de Urgência por quadro com 2 dias de evolução de febre, temperatura máxima de 38,5oC, com intervalos de apirexia de 6h, associado a cefaleia holocraniana, tipo pressão, intensidade 5 em 10, em pico febril. Em D1 de doença, apresentou um episódio de vómito alimentar. Desde D2 de doença, referia sensação de “desconforto” abdominal (sic) ligeiro, inespecífica. Referia ainda dor na perna esquerda com 4 dias de evolução (de intensidade 3 em 10), que cedia ao paracetamol. Negava toracalgia, dificuldade respiratória, tosse, diarreia, sintomas urinários ou outras queixas.